16 de abril de 2014 · 21:03

COMPARTILHE


REDES

RSS

CIDADES E REGIÃO - tarde de comemoração

Memorial Monitor Campista reúne jornalistas e autoridades na Câmara

Acervo de 273 edições ficará temporariamente em uma sala na Casa de Leis
Gerson Gonçalo

Acervo de 273 edições ficará temporariamente em uma sala na Casa de Leis

A tarde desta quarta-feira (16/04) foi de emoção e alegria em Campos. O palco, a Câmara de Vereadores da cidade. O motivo, a abertura oficial do Memorial Monitor Campista, cujo acervo retornou nesta terça-feira (15/04) para seu lugar de origem, a planície Goitacá. A solenidade contou com as presenças de profissionais da imprensa, historiadores, autoridades públicas e políticas, entre outros nomes. A mostra ficará até o dia 30 de abril a disposição do público.

No total, são 273 edições que temporariamente vão ficar abrigadas em uma sala da Casa de Leis preparada especialmente para receber o Memorial Monitor Campista. O evento começou às 17h, e teve a participação da banda do 8° Batalhão da Polícia Militar e da Orquestra Municipal de Campos da ONG Orquestrando a Vida.

No Memorial está exposto o acervo do jornal, peças como a primeira máquina impressora (prelo), um prelo de rolo e uma máquina de escrever e imagens fotográficas doadas pelo Museu Barbosa Guerra, através de Sebastião Guerra, do arquivo pessoal de Wellington Cordeiro, curador do Memorial, e do historiador e ex-funcionário do Monitor Campista, Hélvio Cordeiro. A pesquisa ficou por conta da jornalista e também ex-funcionária do Monitor, Patrícia Bueno e o layout por Fernando Luiz.

Durante a exposição, o público poderá observar algumas edições recuperadas de todos os cadernos especiais do jornal, inclusive os editados a partir de 2007 a 2009, que contam a história de 173, 174 e 175 anos do Monitor.

“Esta é uma das obras jornalísticas mais vigorosas do município e talvez do país. Um trabalho jornalístico de muita grandeza e que fechou suas portas em uma ótima fase e de forma inexplicável. São 175 anos de história, que chega ser mais antiga do que a elevação de Campos de vila para cidade. O Monitor é importante, não só por seu acervo, mas pela sua existência em si. A gente está muito contente com o acervo, porém criticamos a forma como ele saiu daqui”, disse o presidente da Associação de Imprensa Campista (AIC) e um dos responsáveis pela vinda do acervo para Campos, o professor e jornalista Vitor Menezes.

Vitor contou que o Monitor foi considerado o terceiro jornal mais antigo do país em circulação. Mas, como deixou de circular, o impresso perdeu o seu título. “Não consigo acreditar que Campos, uma cidade tão próspera, não possa manter o jornal. Já apresentamos uma ideia para o retorno do jornal, e essa é uma oportunidade de sensibilizar o poder público para que torne esse sonho real. A gente entende que é possível que o mesmo volte a circular, para isso propomos uma Fundação Monitor Campista que edite o jornal, publique o Diário Oficial e torne a circulação possível”, informou.

Outra que também ficou muito satisfeita com a volta do acervo para Campos, foi a gerente de jornalismo da TV Record, a jornalista Claudia Eleonora. “Este é um resgate muito grande da memória da cidade e também de parte da nossa história, como cidadão campista, pois aqui está um dos impressos mais antigos do país. Eu sempre admirei o trabalho que era realizado no jornal, que trazia sempre muita imparcialidade e credibilidade para nós da imprensa”.

Para o presidente da Câmara, Edison Batista, isso não seria possível se não fosse pelo esforço da Prefeita Rosinha Garotinho e pela união de forças.

“Hoje é um dia de festa. Não teríamos êxito em trazer esse acervo para cá se não fosse pelos trabalhos excessivos de muitos que estão aqui. Agradecemos também o apoio do Ministério Público Estadual (MPE)”, comentou o vereador acrescentando que a maior parte do acervo do Monitor Campista está na Biblioteca Nacional digitalizado.

Antes da abertura oficial do Memorial, o jornalista Vitor Menezes e o presidente do Conselho de Preservação do Patrimônio Municipal (Coppam), Orávio de Campos Soares, receberam das mãos dos vereadores Kellinho e Raphael Diniz, uma placa de reconhecimento pelos trabalhos desenvolvidos para recuperação do acervo do Monitor.

Publicidade


Postado por: Kelly Maria

Fonte: Ururau

Siga: twitter.com/siteururau

Fale conosco, clique aqui!

COMPARTILHE


Publicidade

Publicidade

  • Há livros escritos para evitar espaços vazios na estante.
    Carlos Drummond
    de Andrade

  • Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo.
    Eça de Queiróz

  • Não há mentira pior do que uma verdade mal compreendida por aqueles que a ouvem.
    Henry James

  • Nunca devemos envergonharmo-nos das nossas próprias lágrimas.
    Charles Dickens

  • Aquele que lê maus livros não leva vantagem sobre aquele que não lê livro nenhum.
    Mark Twain

  • Nada inspira mais coragem ao medroso do que o medo alheio.
    Umberto Eco

Publicidade

Ururau

Ururau © Copyright 2008 - 2014
Criado em Novembro/2008 • Novo Site 01 de Janeiro/2013
Contato: (22)9988-24858 / (22)2722-2468
Contato Redação: ururau@ururau.com.br • Contato Comercial: comercial@ururau.com.br
Fale conosco, clique aqui!

Buscas

ByChucas.com