Segunda-feira, 21 de outubro de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Coluna do Psicanalista

Luiz Duncan

O silêncio nos fala

18/05/2019 às 09h58

Reprodução
O silêncio nos fala
Freud já havia detectado o poder da fala e consecutivamente fez dela ferramenta determinante no tratamento dos sintomas neuróticos. A psicanálise aponta uma relação fundamental entre fala e inconsciente. Isto significa dizer que, ao falarmos, dizemos mais do que pensamos dizer, mostrando a existência de conteúdos latentes sob os conteúdos manifestos do falar. Por mais que o inconsciente procure se valer da linguagem na busca de sentido, sempre haverá um resto, um sem sentido, algo da ordem do irrespondível, um não dito.

 As palavras têm uma valia distinta quando as pensamos do que quando as enunciamos. A palavra falada tem um efeito retrocessivo, que pode interferir sobre acontecimentos psíquicos de quem fala. E o silêncio intensifica essa resposta a uma ação anterior. O analista observa argumentos que lutam entre si, osque querem se externar e outros, que querem ficar em silêncio. O não-dito, o lugar da palavra que não foi verbalizada, mas está ali para ser desvendada.Como destacou Lacan, “o silêncio toma todo o seu valor de silêncio, não é simplesmente negativo, mas vale como além da palavra”. Acredito que a linguagem do silêncio pode ser escrita na subversão que seu movimento causa.

 O silêncio nos confidencia sentidos enraizados, pois o que legitimamente importa nos discursos, não se apresenta neles. Há, portanto, uma ausência presente no silêncio, e por trás dele “sempre se implícita uma fala, o que equivale a admitir que por trás de um enunciado oral se escondem “frases do silêncio”Canizal(2005).

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

O silêncio se apresenta sobre os atos sociais comunicativos, dando existência a um elemento tão importante quanto qualquer dos outros códigos de que nos servimos para falar.O silêncio pode apresentar diferentes questões:formar parte da pontuação de uma frase quando se termina de comentar algo ou quando se pede a palavra para comunicar alguma coisa.Todos nós temos um jeito particular de escutar o mundo. Sempre que olhamos para algo ou alguém, nossa realidade psíquica atua na nossa percepção. O silêncio nos fala e pode dizer muito mais que palavras.

Freud sempre se perguntou, “Em que fontes o poeta se embriaga para criar suas obras?”.

 

                                                            Luiz Roberto Duncan

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

                                                                     Psicanalista

 

 


+ NOTÍCIAS

  • Um Mundo de Ilusões

    Um Mundo de Ilusões 20 de Outubro de 2019
  • Quem não ama acama

    Quem não ama acama 12 de Outubro de 2019
  • A Solidão

    Nossos limites e nossas faltas nos pertencem, são de nossa própria responsabilidade e não do outro. 06 de Outubro de 2019
  • O Amor cortês

    O Amor cortês 28 de Setembro de 2019
Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso