Segunda-feira, 17 de junho de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Coluna Dom Roberto

Dom Roberto

A lama da morte

04/02/2019 às 10h07

Reprodução
A lama da morte
Quando lemos a narrativa do Gênesis sobre a Criação do homem percebemos, no relato primordial, que Deus pega um pouco de barro e insufla seu Espírito gerando vida. O Oleiro divino sempre cria, protege e cuida a obra de suas mãos. Já a lama, a diferença do barro e da argila, mostra a falta de cuidado, o não se importar com a vida.

O novo desastre ambiental de Brumadinho expressa exatamente isso, o primado da ganância e do lucro por cima da vida e das pessoas. O modelo de exploração mineral e das barragens, vigente no país, conhecido como o método de “alteamento para montante”, sendo um procedimento barato, mas inconsistente e inseguro.

Lembrando que a tragédia de Brumadinho é a oitava, embora a mais terrível pelo número de vítimas humanas e pelo  volume do impacto ambiental, é de se esperar que a sociedade civil seja ouvida, para repensar modelos alternativos ao extrativismo selvagem, e a construção de um marco regulatório que dê mais confiabilidade e exerça um controle mais contundente, penalizando severamente a irresponsabilidade e descaso com as populações e as teias da vida.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

A sustentabilidade passa por empoderar as populações atingidas, dando controle social e decisório, consolidando redes de proteção territorial. A busca insana do lucro das multinacionais e a omissão de um sistema preventivo que garanta vida e segurança para o povo e o meio ambiente, não pode ser mais tolerado.

Somos todos Brumadinho, manifestamos nossa solidariedade irrestrita e incondicional com as vítimas e nos comprometemos e apoiamos com a reconstrução de vidas, famílias, moradias e na implementação de políticas públicas que defendam a vida, a justiça ambiental, contra o extrativismo predatório e a insegurança criada pelo lucro ignóbil. Deus seja louvado!

                                                                                                    Dom Roberto Francisco Ferreria Paz

                                                                                                             Bispo  de Campos (RJ)

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

 

 

 


+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso