Sábado, 19 de outubro de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

TattooArte

Thiago Freitas

A tatuagem no Japão

27/09/2019 às 11h38

Reprodução
A tatuagem no Japão
Nos dias atuais, vemos a tatuagem como magníficas obras de arte. Trabalhos bem elaborados, coloridos ou preto e branco, grandes ou pequenos.

Para termos uma arte permanente em nossos corpos é muito fácil. Basta escolher uma boa referência, um estúdio com boa reputação e um ótimo tatuador.

Mas sempre foi assim? E nos tempos mais antigos, como eram as tatuagens?

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

No Japão a arte de tatuar teve início aproximadamente a 10.000 a.C. Ela era feita através da técnica tradicional do tebori, cujo o significado é “esculpido a mão”, que consiste em um procedimento sem máquinas de tatuar.

Na cultura japonesa, a tatuagem teve sua história marcada por muita oscilação, sendo utilizada para fins decorativos, espirituais e até por criminosos. Como exemplo, podemos citar o povo Ainu,que usava a tatuagem com o propósito decorativo.

De 300 a 600 aC (período Kofun), a tatuagem passou a ser vista de forma negativa, pois eram feitas em criminosos com intuito de facilitar sua identificação e para que se sentissem envergonhados de seus crimes.

No período Edo (1603 – 1868) ficou comum ver imagens de homens tatuados serem representados na literatura através de xilogravuras, contribuindo para a evolução da tatuagem em tempos atuais.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Um dos pintores mais conhecidos de xilogravura era o UtagawaKuniyoshi, tão popular que em 1870 os tatuadores passaram a tatuar o mesmo estilo das xilogravuras dele. Nesse mesmo período, tatuar criminoso foi abolido. Porém, logo mais tarde os integrantes da máfia Yakuza adotou a prática.

O fatoda tatuagem estar ligada ao  mundo  do crime, levou ao preconceito que ainda existe. Naquela época, muitos locais como piscinas e banhos públicos não permitiam a entrada de pessoas tatuadas. Uma campanha chegou a ser propagada para que as empresas não aceitassem pessoas com tatuagens.No período Meiji (1862 – 1912), a tatuagem chegou a ser proibida pelo imperador, sendo punidas com rigor quem fosse pego, forçando os tatuadores a trabalhar na clandestinidade.

Apesar de nos dias de hoje o preconceito ter perdido sua força, a tatuagem ainda é vista com discriminação em alguns lugares do mundo. No Japão não existe nenhuma lei que proíba ou condene tatuagens aparentes, porém em muitos locais existem cartazes dizendo “proibido tatuagem”, o que deixa surpresos os turistas estrangeiros que visitam o país. Essa proibição geralmente é feita em locais públicos. Outra opção é cobri-las para poder acessar tais áreas.

O que curioso é que o Japão tem os melhores tatuadores e um traço cultural muito forte nas tatuagens de corpo inteiro, chamadas de irezumi. Suas tatuagens tradicionais são referências em todo mundo, obras de arte milenar que são populares até nos dias de hoje.

Fonte: Reprodução

+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso