Asfalto cede e abre cratera em rodovia que corta SFI

Facebook Whatsapp Twitter
Sexta-feira, 20 de julho de 2018
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Cidades

Asfalto cede e abre cratera em rodovia que corta SFI

Facebook Whatsapp Twitter Google+

15/04/2018 às 17h54

V Notícia
O curso da água passa por baixo do asfalto, através de manilhas

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
O asfalto cedeu e uma cratera se abriu na RJ-232, trecho entre o Centro de São Francisco de Itabapoana e a Praia de Guaxindiba, na tarde deste domingo (15/04). O ponto onde o problema se formou foi próximo à entrada da Ilha dos Mineiros, sobre o Ribeirão Guaxindiba. O curso da água passa por baixo do asfalto, através de manilhas.

Funcionários de um loteamento próximo ao local que perceberam a formação do buraco. Eles mesmos colocaram galhos e um cone para sinalizar e chamar a atenção dos motoristas.

Ao chegar ao local e notar o perigo que representa a cratera, a reportagem do VNOTÍCIA entrou em contato com o presidente da Empresa Municipal de Trânsito de São Francisco de Itabapoana (Emtransfi), Coronel José Eduardo Barcellos Dias, e com o diretor do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) no Norte Fluminense, Ivan do Amaral Figueiredo.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Coronel Eduardo determinou que uma equipe da Emtransfi sinalize até que o DER compareça ao local. Já o representante do DER disse que enviará uma equipe até lá nesta segunda-feira (16/04) para avaliar a extensão do problema.

Neste fim de semana, o nível do ribeirão que passa por baixo do asfalto subiu, podendo ter provocado a cratera. Trata-se do mesmo rio que nasce na região de Morro do Coco e passa pela região de Santa Luzia, na zona rural de São Francisco. As águas passam também debaixo da RJ-224, em Ponto de Cacimbas, e seguem em curso ao Espiador, para depois chegar a Guaxindiba.

No início de março deste ano, as águas do Rio Guaxindiba subiram com chuvas torrenciais que caíram em Morro do Coco. A enxurrada destruiu uma ponte na estrada entre Pingo D’Água e Santa Luzia. Produtores rurais ouvidos pelo VNOTÍCIA acreditam que o nível do Rio na Região de Guaxindiba demorou para subir devido à seca histórica que castigou o município. Como os brejos e lagos estavam muito secos, a forte vazão d’água encheu primeiro as baixadas e várzeas, para depois chegar a Guaxindiba.

Fonte: V Notícia


+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso