Morte de detento, após passar mal em presídio, é investigada

Facebook Whatsapp Twitter
Terça-feira, 17 de julho de 2018
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Cidades

Morte de detento, após passar mal em presídio, é investigada

Facebook Whatsapp Twitter Google+

11/07/2018 às 19h23 12/07/2018 às 07h14

Divulgação Whatsapp
O corpo do detento, que não teve o nome divulgado, foi removido para o Posto regional de Polícia técnica Científica (PRPTC) para necropsia e liberação para sepultamento

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
Um interno da Cadeia Pública Dalton Crespo de Castro, em Campos, morreu na tarde desta quarta-feira (11/07). De acordo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) ele passou mal e a emergência médica foi solicitada.

O interno foi encaminhado ao Hospital Geral de Guarus (HGG). A Seap informa ainda que o interno não resistiu, chegando a óbito.

“A Seap aguarda laudo de exame cadavérico do IML com a determinação da causa mortis”, disse trecho da nota.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

O corpo do detento, que não teve o nome divulgado, foi removido para o Posto regional de Polícia técnica Científica (PRPTC) para necropsia e liberação para sepultamento. O caso foi registrado na 146ª Delegacia Legal.

Fonte: Ururau


+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso