Polícia Civil e Militar prendem suspeito de matar a ex-companheira há dois anos

Facebook Whatsapp Twitter
Quinta-feira, 22 de novembro de 2018
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Cidades

Polícia Civil e Militar prendem suspeito de matar a ex-companheira há dois anos

Facebook Whatsapp Twitter Google+

10/07/2018 às 08h51 10/07/2018 às 13h26

Ururau/Arquivo
Dois anos após o crime, o corpo da diarista ainda não foi encontrado

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
A Polícia Civil da 134ª Delegacia Legal no Centro, com apoio de policiais militares do 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM), prenderam, na manhã desta terça-feira (10/07), Marcos Bruno Azevedo Carneiro Barbosa, conhecido como Bruno Lacraia. Ele estava foragido da Justiça e foi encontrado em uma casa alugada, no bairro Instância da Penha, no município. Lacraia é o principal suspeito do assassinato da ex-companheira, a diarista Débora dos Santos Moura, de 33 anos, cujo corpo está desaparecido desde 2016 - época do crime.

Bruno Lacraia também é suspeito de chefiar o tráfico de drogas no bairro da Penha e para ele havia um mandado de prisão em aberto – expedido pelo Juízo do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, 1° Cartório da 1ª Vara Criminal de Campos de Goytacazes – por tentativa de homicídio ocorrido no ano de 2015, no mesmo bairro, motivo pelo qual ele foi preso nesta terça-feira.

Em coletiva no final da manhã, o delegado titular da 134ª DL, Geraldo Rangel, informou que policiais da 134ª DL e do 8° BPM já estavam monitorando o desvio do Bruno, já que havia a notícia de que ele teria retornado à cidade de Campos.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

“Nós recebemos a notícia nesta madrugada do local onde ele [Bruno] poderia estar, diligenciamos o local e o encontramos”, acrescentou o delegado ressaltando que em relação ao desaparecimento da Débora, o procedimento está a cargo da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Campos.

Bruno foi preso em uma casa, na Rua Salim Said. Além dele, outro homem, de iniciais A.F.P., que seria responsável pela embalagem de entorpecentes, também foi encontrado no local. No imóvel, foram apreendidos cerca de 100 gramas de maconha; duas bases de rádio e dois celulares.

Os dois suspeitos foram encaminhados para a 134ª DL, onde o caso foi registrado.

“Bom ressaltar que agora a Delegacia da Mulher vai continuar investigando o desaparecimento da Débora, porque o corpo ainda não foi encontrado. Inclusive, se alguém tiver informações, pode repassar para a Deam”, mencionou Geraldo Rangel.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

A delegada titular da Deam, Ana Paula Carvalho, frisou que agora, a partir da prisão do acusado, há esperança de que a polícia possa receber informação de onde está o corpo de Débora.

“Acreditamos que agora as denúncias podem ser feitas por alguém que realmente saiba onde o corpo está. Lembrando ainda que denúncias infundadas atrapalham o andamento das investigações”, comentou a delegada.

O SUMIÇO

Marcos Bruno teria sequestrado Débora, quando a mesma levava o filho do casal à creche, no bairro Vivendas do Coqueiro, na manhã do dia 05 de julho de 2016. A vítima foi abordada pelo ex-companheiro, sendo obrigada a entrar em um Chevette bege.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Desde o sequestro, a Polícia Civil da Deam realizou várias operações com o intuito de localizar a vítima, ainda com vida, além do suspeito. Também foram feitas escavações, após constantes denúncias de que o cadáver estava enterrado na área da Penha, no entanto, nenhum vestígio foi encontrado.

Débora ficou casada com Bruno Lacraia por três anos e teria sofrido, ao longo desse tempo, constantes agressões físicas, motivo pelo qual a vítima se separou do acusado.

Fonte: Ururau


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso