PSOL em Campos tem nova diretoria e fala sobre as pautas defendidas pelo partido

Facebook Whatsapp Twitter
Terça-feira, 18 de dezembro de 2018
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Cidades

PSOL em Campos tem nova diretoria e fala sobre as pautas defendidas pelo partido

Facebook Whatsapp Twitter Google+

06/12/2018 às 16h42 06/12/2018 às 16h50

Divulgação
1º Encontro Municipal do PSOL- Campos/RJ foi realizado no último dia 4

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
Na última terça-feira (04/12), foi realizado o 1º Encontro Municipal do PSOL- Campos/RJ. A atual conjuntura, que coloca como principal tarefa resistir aos ataques que estão na ordem do dia por parte do presidente eleito Jair Bolsonaro e sua equipe de governo além das medidas ultraliberais do Prefeito Rafael Diniz, contribuiu para formar um polo aglutinador de antigos e novos militantes, filiados e simpatizantes que se reuniram para formar um campo político alternativo no maior município do interior do estado.

Campos é a maior cidade do interior do estado do Rio de Janeiro e um polo universitário e tem como principal forças motora da economia a extração de petróleo. Devido sua importância estratégica o PSOL está ativo para mobilizar aqueles que se dispõem a estar nas lutas.

Durante o encontro os ativistas do PSOL centraram o debate em desenvolver estratégias para consolidar o partido como uma alternativa política para a sociedade campista, bem como travar a batalha contra a Reforma da Previdência, os ataques à educação pública e as minorias que são o carro-chefe do governo eleito. Um dos pontos culminantes do encontro foi à eleição da nova diretoria municipal do partido.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

 A Presidenta municipal do PSOL, Ana Carolina Chagas, disse que: “O PSOL em Campos passou por um longo período de renovação e organização culminando na reestruturação, no último dia 4, do diretório municipal. Estamos todos muito empenhados em propor uma alternativa à velha política campista. Estaremos presentes nas lutas contra as reformas que retiram direitos dos trabalhadores e fazendo oposição ferrenha as medidas ultraliberais do atual prefeito".

Sobre as reformas trabalhista e da previdência ela afirma que "É um absurdo querer obrigar trabalhadores a jornadas exaustivas e, além disso, aumentar o tempo de contribuição previdenciáriacom alarmante número de jovens desempregados e com tantas grandes empresas sonegando contribuições”.

Toda essa movimentação realizada pelo partido demonstra que se os próximos anos serão de muita luta e resistência. Teremos em Campos pessoas que tem na ordem do dia travar uma batalha por uma sociedade mais justa, disposta a lutar contra a atual ascensão fascista que está em curso em todo o país.

Fonte: Ascom


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso