Uso de cadeirinhas pode reduzir mortes de crianças no trânsito

Facebook Whatsapp Twitter
Segunda-feira, 21 de outubro de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Cidades

Uso de cadeirinhas pode reduzir mortes de crianças no trânsito

Facebook Whatsapp Twitter

26/06/2019 às 09h15 26/06/2019 às 14h48

Divulgação
A cadeirinha e o bebê conforto podem ser adquiridas em sites

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter
O uso de cadeirinhas pode levar a uma redução de pelo menos 60% nas mortes de crianças no trânsito, segundo relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS). O órgão indica que mecanismos de restrições para crianças em veículos são "altamente eficazes na redução de ferimentos e mortes". Desde que o uso se tornou obrigatório no Brasil, o número de mortes de crianças de 0 a 9 anos no trânsito caiu 12,5%.

Em relatório para segurança viária, de 2018, a OMS indicou que 84 países têm legislação nacional de retenção para crianças - em levantamento que inclui o Brasil. Entre estes, 33 países, com 9% da população mundial, cumprem critérios de melhores práticas em sistemas de retenção para crianças. Países europeus são os que, segundo a OMS, têm medidas mais seguras, com legislações sobre o tema e padrões de restrição tanto para bebês quanto para crianças maiores.

No início deste mês, o presidente Jair Bolsonaro enviou um projeto de lei à Câmara dos Deputados em que, entre outros pontos, põe fim às multas a quem não transportar crianças com os equipamentos. A medida é criticada por especialistas.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

"Se estamos retirando uma infração que é comprovada pela OMS e por atores internacionais, como medida levada a sério no mundo, (o governo) está contribuindo para promover mais mortalidade de jovens e crianças", diz Pedro de Paula, coordenador executivo da Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito. "Os assentos de um carro foram pensados para um adulto. Uma cadeirinha, adaptada ao corpo e à massa da criança, é a única forma segura", diz Gabriela Guida, gerente executiva da ONG Criança Segura. A organização, em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria e a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, chegou a lançar um manifesto contra a medida.

Segundo o grupo, há "riscos à integridade das crianças." "Qualquer pessoa era multada, recorria ao Judiciário e ganhava. Não tinha 'multagem' nem a perda de pontos", chegou a declarar o presidente Jair Bolsonaro. Ele disse ainda que, se um dispositivo aumenta a segurança para as crianças, os pais não precisam de leis para adotá-los.

"Se tem algo para que o seu filho fique protegido, nem precisava de lei". Os especialistas recomendam que os pais escolham o dispositivo de segurança mais adequado ao seu filho e siga rigorosamente as instruções de instalação. A cadeirinha e o bebê conforto podem ser adquiridas em sites como a loja online auto-doc.pt ou lojas físicas de acessórios autopeças, pois estes são considerados os únicos recursos efetivos de proteção das crianças em caso de acidente.

Silva Junior/Folhapress  Com informações do  Estadão Conteúdo

Fonte: Divulgação


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso