Exposição ''Marias Não se Calem'' aberta em Café Literário no Museu Histórico

Facebook Whatsapp Twitter
Sábado, 17 de novembro de 2018
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Diversão

Exposição ''Marias Não se Calem'' aberta em Café Literário no Museu Histórico

Facebook Whatsapp Twitter Google+

07/11/2018 às 11h01 07/11/2018 às 11h03

Supcom
Evento permanece no espaço cultural durante todo o mês de novembro, com visitação de segunda à sexta-feira, das 10h às 17h, e sábado, domingo e feriado, das 9h às 14h.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
A exposição fotográfica “Marias Não se Calem” foi aberta na noite de terça-feira (6) no Museu Histórico de Campos junto ao Café Literário Antônio Roberto Fernandes. O trabalho aborda os tipos de violência contra a mulher, conforme disposto na Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006). Realizado pelos estudantes do segundo ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Nelson Pereira Rebel, o projeto expõe imagens e relatos reais das tantas “Marias”, que sofrem com a violência contra a mulher.

A exposição permanece no Museu durante todo o mês de novembro, com visitação de segunda à sexta-feira, das 10h às 17h, e sábado, domingo e feriado, das 9h às 14h. Para agendamentos escolares e grandes grupos, é necessário um responsável maior de 18 anos comparecer ao Museu ou ligar pelo telefone (22) 98175-0616.

Idealizado pela Professora de Artes Visuais Beatriz Coutinho, em parceria com o professor de Geografia Diogo Jordão, o trabalho contou com o auxílio do Coletivo Cabeçada, que ministrou oficinas de fotografia para a consolidação e concretização do projeto. A partir das aulas de Arte utilizou-se a fotografia como instrumento de crítica social. Nas aulas de Geografia foram trabalhados dados estatísticos referentes à violência contra a mulher, entendendo a necessidade de expor a dimensão e gravidade do problema abordado.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

"O objetivo é sensibilizar os visitantes sobre a importância do respeito à igualdade de gênero, dando foco ao combate à violência contra a mulher. A Arte Contemporânea foi utilizada como veículo de representação e materialização de significados. As fotografias e relatos das “Marias” representadas na exposição são reais. Deixamos nosso respeito e agradecimento a essas MULHERES que tiveram a coragem de contar suas histórias". relatou Beatriz Coutinho.

Fonte: Supcom


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso