Em clássico movimentado até o fim, Vasco e Flamengo empatam no Maracanã

Facebook Whatsapp Twitter
Terça-feira, 21 de maio de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Esportes

Em clássico movimentado até o fim, Vasco e Flamengo empatam no Maracanã

Facebook Whatsapp Twitter Google+

10/03/2019 às 12h00

FutRio
Rubro-Negro vencia até aos 50 minutos, quando o Cruzmaltino buscou o empate

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
Flamengo e Vasco se enfrentaram na noite deste sábado (09/03), no Maracanã, protagonizando o Clássico dos Milhões, pela terceira rodada da Taça Rio. A partida terminou empatada em 1 a 1. Maxi López, para o Cruzmaltino, e De Arrascaeta, para os Rubro-Negros, marcaram os gols do duelo.

Com o resultado, o Vasco assume a segunda colocação do Grupo A, com cinco pontos somados. E o Flamengo mantém a liderança do Grupo B, com sete pontos. Agora as duas equipes viram a chave para outras competições. Pela Copa do Brasil, o Gigante da Colina encara o Avaí, em São Januário, na quinta-feira (14), às 21h30. Já o Rubro-Negro entra em campo pela Libertadores, na quarta-feira (13), às 21h30, no Maracanã. O Placar FutRio acompanha ambas as partidas em tempo real.

Equipes iniciam o jogo com tudo e criam boas oportunidades

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

O clássico começou movimentado. Quem tomou as primeiras iniciativas ofensivas foi o Vasco. Logo no primeiro minuto, Yago Pikachu finalizou da intermediaria e César, com a ponta dos dedos, espalmou para escanteio. Na cobrança, Werley desviou na primeira trave e Marrony completou na segunda, mas para fora. Aos três minutos, o Flamengo respondeu. Ronaldo foi acionado pela direita, invadiu a área e chutou rasteiro com força, mas Fernando Miguel defendeu. No minuto seguinte, Trauco aproveitou sobra na entrada da área e bateu firme, mas o goleiro cruzmaltino realizou ótima defesa em dois tempos.

Em ritmo intenso, o Vasco voltou a pressionar. Aos nove minutos, Thiago Galhardo cruzou e Marrony cabeceou, mas a bola saiu em tiro de meta. Aos 11, em cobrança de falta, Danilo Barcelos bateu firme na bola e obrigou César a espalmar para o lado. Aos 16 minutos, o lateral-esquerdo cruzmaltino cobrou escanteio com perfeição e Werley tentou cabecear, mas a bola foi para fora.

Mesmo com um início bem movimentado, após a parada técnica, ambas as equipes não conseguiram produzir nenhuma chance de perigo e  exageraram nos lançamentos equivocados. Entretanto, o Flamengo começou a esboçar uma melhora no setor ofensivo e começou a dominar a posse de bola.

Flamengo volta melhor do intervalo, mas Rodinei se complica e Maxi López vira herói

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Na etapa complementar, o Rubro-Negro mostrou que retornou do intervalo com tudo. Logo aos dois minutos, Vitinho deu um lindo passe para De Arrascaeta na grade área e o meia uruguaio apenas tocou na saída de Fernando Miguel para estufar as redes e abrir o placar. O Vasco tentou responder. Aos 11, Danilo Barcelos cobrou escanteio, Marrony desviou, Leandro Castan concluiu e a bola explodiu na trave. Em jogada de contra-ataque do Rubro-Negro no minuto seguinte, Ronaldo foi acionado em velocidade pela direita, infiltrou a área e bateu rente à trave, mas Fernando Miguel realizou ótima defesa.

O duelo começou a ficar mais tenso e o Vasco se lançou completamente ao ataque. Aos 36 minutos, Danilo Barcelos, novamente em cobrança de escanteio, achou Lucas Mineiro, que subiu no segundo andar e cabeceou, mas a bola apenas tirou tinta da meta defendida por César. Aos 47 minutos, o Flamengo obteve a grande chance de matar a partida. Em um contra-ataque límpido, Bruno Henrique partiu em velocidade, livre de qualquer marcação, ficou de frente para o goleiro vascaíno e tocou para o lado, buscando Rodinei. O lateral finalizou da pequena área, com o gol totalmente aberto, mas Danilo Barcelos apareceu para afastar para escanteio.

O esforço do lateral-esquerdo cruzmaltino para tirar o gol feito do Flamengo foi recompensado no minuto seguinte. Aos 48, Ribamar, da entrada da área, escorou para Marrony, que iria ficar de frente para o goleiro César, mas foi derrubado por Thuler e o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, Maxi López bateu com categoria no canto direito e balançou as redes, garantindo o empate no clássico.

Fonte: FutRio


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso