Se nada for feito, Rio pode fechar 2019 com déficit de R$ 20 bilhões, diz Witzel

Facebook Whatsapp Twitter
Terça-feira, 22 de janeiro de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Estado RJ

Se nada for feito, Rio pode fechar 2019 com déficit de R$ 20 bilhões, diz Witzel

Facebook Whatsapp Twitter Google+

08/01/2019 às 18h31

Reprodução
Ele defendeu a revisão da Lei que criou o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), disse na manhã desta terça-feira (08/01) que recebeu o Estado com mais de R$ 11 bilhões em restos a pagar. Segundo ele, se nada for feito, as projeções apontam um rombo adicional de R$ 9 bilhões no fim do ano, o que resultaria em um déficit acumulado de R$ 20 bilhões em 2019.

Witzel participou da posse do presidente do BNDES, Joaquim Levy, no Rio de Janeiro. Ele defendeu a revisão da Lei que criou o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados.

Negociada desde o início do segundo governo de Dilma Rousseff, em 2015, a lei enfrentou forte oposição de Levy, que na época era titular do Ministério da Fazenda, e só foi aprovada no governo de Michel Temer.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Segundo o governador fluminense, o déficit dos Estados é gigantesco. "Temos de trabalhar na lei de recuperação fiscal para que outros Estados possam entrar (no Regime de Recuperação Fiscal). Precisamos pensar em melhores condições de pagamento para que possamos pagar o passivo e continuar governando sem prejudicar essa e as próximas gerações", disse.

Cedae

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, voltou a se posicionar contra a privatização da Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae). Segundo ele, apesar da situação financeira crítica e do compromisso assumido na negociação do plano de recuperação fiscal do Estado, a empresa é estratégica e não pode ser vendida.

"Cedae é empresa estratégica para o Rio de Janeiro. Pode ter IPO (oferta inicial de ações), abrir capital, mas não ser privatizada agora", declarou.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

No fim de semana, o governador visitou Guapimirim, na região metropolitana do Rio. Segundo ele, falhas da concessionária local deixaram 70 mil pessoas sem água. "A empresa deixou de fazer a manutenção. A Cedae teve que socorrer o município e limpar os filtros para restabelecer o abastecimento", contou.

Fonte: O Dia


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso