Sequestrador de ônibus no Rio é morto por atiradores de elite

Facebook Whatsapp Twitter
Domingo, 22 de setembro de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Estado RJ

Sequestrador de ônibus no Rio é morto por atiradores de elite

Facebook Whatsapp Twitter

20/08/2019 às 09h59 20/08/2019 às 11h46

Agência Brasil
Tiros foram ouvidos no local por volta das 9h.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter
O porta-voz da Polícia Militar (PM) do Riode Janeiro, coronel Mauro Fliess, confirmou que o sequestrador que fez 37 reféns no início da manhã desta terça-feira (20/08), em um ônibus na Ponte Rio-Niterói, foi morto por atiradores de elite.

Tiros foram ouvidos no local por volta das 9h. Pelo Twitter, a PM informou que a ocorrência foi encerrada sem vítimas entre os reféns. “O tomador de refém foi neutralizado por um atirador de precisão do #Bope [Batalhão de Operações Policiais Especiais] e todos os reféns foram libertados ilesos” postou a corporação.

O sequestro começou pouco antes das 6h e interditou a ponte nos dois sentidos. Até as 9h, o sequestrador havia liberado seis reféns. Segundo as primeiras informações, ainda não confirmadas, o sequestrador estava armado e se identificou como policial militar.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

A polícia disse que a arma usada por ele era um simulacro, ou seja, de brinquedo.

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, comemorou o desfecho do sequestro de um ônibus na Ponte Rio-Niterói. O sequestrador, chamado William Augusto da Silva, foi baleado e morto por um atirador de elite após três horas e meia de cerco. Os 37 reféns foram libertados sem ferimentos.

Segundo Witzel, os reféns e os familiares do sequestrador serão amparados pelo estado. Ele disse ainda que a família do homem chegou a pedir desculpas pelo ocorrido.

“Conversei com familiares dele, um deles me pediu desculpa. Mas ele queria pedir desculpas e pediu à toda sociedade, pediu desculpas aos reféns, disse que alguma coisa falhou na criação e a mãe está muito abalada. Vamos também cuidar da família dele, tentar entender o problema para que outros não ocorram", afirmou Witzel.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

O governador chegou ao local em um helicóptero e celebrou após desembarcar. Ele definiu o trabalho como uma ação "técnica" das forças de segurança e parabenizou os policiais militares e policiais rodoviários federais.

"O ideal é que todos saíssem com vida, mas tivemos que tomar a decisão de salvar os reféns", disse.

O criminoso fez reféns dentro de um ônibus desde as 6h desta terça-feira (20). O coletivo estava parado na Ponte Rio-Niterói.

Não se sabe a motivação do sequestrador, mas a PM considera que a ação foi premeditada. Ele afirmava ter um revólver, uma pistola de choque e combustível. 

Fonte: Agência Brasil/G1


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso