Viúva de Marielle comemorou as prisões, mas diz que é preciso descobrir o mandante

Facebook Whatsapp Twitter
Sexta-feira, 22 de março de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Estado RJ

Viúva de Marielle comemorou as prisões, mas diz que é preciso descobrir o mandante

'A luta pela justiça do caso da Marielle não é apenas pela memória dela'

Facebook Whatsapp Twitter Google+

12/03/2019 às 11h00 12/03/2019 às 11h03

Marielle Franco e Monica Benicio - Reprodução
Precisamos continuar buscando essa resposta de quem mandou

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
Monica Benício, viúva de Marielle, comemorou as prisões dos suspeitos de assassinar a vereadora e seu motorista, Anderson Gomes.

"Sem dúvida nenhuma esse é um passo importante nessa investigação, mas é claro que não podemos esquecer que já vai completar um ano desse crime, que é um crime político, com repercussão nacional. É tempo demais. Mas inquestionavelmente é um passo importante para que tenhamos credibilidade, esperança e fé de que a investigação está caminhando", disse Monica.

Porém, ela ressaltou que é preciso descobrir quem mandou matar Marielle.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

"Precisamos lembrar também que não basta prender ratos mercenários. O mais importante não foi respondido, que é quem mandou matar a Marielle e quais foram as motivações desse crime. Não podemos aceitar qualquer desculpa de motivação banal, passional. Precisamos continuar buscando essa resposta de quem mandou", afirmou a viúva da vítima.

Monica espera que não precise esperar por mais um ano para ter essas resposta.

"Eu espero, sinceramente, que eu não precise esperar mais um ano para descobrir quem mandou matá-la. Se isso acontecer, seria mais uma agressão à democracia e contra a memória da Marielle", disse Monica, que não tem mais dúvidas da participação do chamado 'Escritório do Crime' no assassinato.

"Não há dúvidas de que existe a participação do 'Escritório do Crime', que já está mais do que revelado, que é um grupo atuante e perigosos do Rio de Janeiro, e que precisa ser desmontado. A luta pela justiça do caso da Marielle não é apenas pela memória dela, mas também pela restauração da democracia", finalizou Monica.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

 

Fonte: O Dia


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso