'Alta do boi está descontrolada e elevação diária passa de R$ 3'

Facebook Whatsapp Twitter
Quinta-feira, 21 de novembro de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Plantão Ururau

Operação Torquinete deflagrada nesta quinta-feira em São Francisco de Itabapoana

Foi deflagrada nas primeiras horas desta quinta-feira (21/11) uma operação conjunta do GAECO, PCERJ e PMERJ em São Francisco de Itabapoana. Foram empregadas na ação quatro viaturas da Polícia Militar, duas da Polícia Civil e duas do GAP.  ... continuar lendo

Rural

'Alta do boi está descontrolada e elevação diária passa de R$ 3'

Facebook Whatsapp Twitter

08/11/2019 às 10h45 08/11/2019 às 10h48 Lucas Arantes (Estagiário)

Reprodução
Os preços disparam diante de um quadro latente de restrição de oferta.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

O mercado físico do boi gordo segue com preços em forte alta nas principais praças de produção e comercialização do país. “Os preços disparam diante de um quadro latente de restrição de oferta, fator dominante neste segundo semestre, enquanto o aquecimento da demanda também ajuda na compreensão desse movimento”, comenta o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias.  

Segundo ele, o movimento de alta está descontrolado na primeira quinzena de novembro, com altas diárias que excedem R$ 3,00 por arroba em algumas regiões do país. “A disputa por animais padrão Europa e China permanece acirrada, levando a preços ainda mais acentuados nesse tipo de negociação”, assinalou. 

Em São Paulo, os preços passaram de R$ 176,00 a arroba para R$ 180,00 a arroba. Em Minas Gerais, preços de R$ 175,00 a arroba, contra R$ 170,00 a arroba ontem. 

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

No Mato Grosso do Sul, os preços subiram de R$ 167,00 a arroba para R$ 171,00 a arroba. Em Goiás, o preço subiu de R$ 166,00 a arroba para R$ 170,00 a arroba em Goiânia. Já no Mato Grosso o preço subiu de R$ 157,00 a arroba para R$ 158,00 a arroba.  

No atacado, os preços da carne bovina seguem firmes. “A expectativa no curto prazo ainda remete a reajustes, em linha com o aquecimento da demanda no decorrer do segundo semestre. A oferta restrita de boi gordo leva a uma situação de enxugamento dos estoques, aumentando a propensão de reajustes da carne bovina no mercado doméstico”, disse Iglesias.  

O corte traseiro teve preço de R$ 14,00 por quilo. A ponta de agulha permaneceu em R$ 9,30 por quilo, enquanto o corte dianteiro seguiu em em R$ 9,40 por quilo. 

Câmbio 

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com alta de 0,31%, sendo negociado a R$ 4,094 para venda e a R$ 4,092 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,044 e a máxima de R$ 4,103.

Fonte: Uol Rural

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso