UENF: Seprodur oferece curso sobre manipulação de frutas e verduras

Facebook Whatsapp Twitter
Segunda-feira, 19 de novembro de 2018
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Rural

UENF: Seprodur oferece curso sobre manipulação de frutas e verduras

Facebook Whatsapp Twitter Google+

09/07/2018 às 14h15 09/07/2018 às 14h28

Divulgação
As inscrições para este e outros 85 cursos que serão oferecidos durante a Semana do Produtor Rural podem ser feitas até o dia 13

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
Tradição na Semana do Produtor Rural (Seprodur) da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), o curso “Boas práticas na manipulação de frutas e verduras para preservar suas qualidades nutricionais de aroma e sabor” é oferecido initerruptamente desde a primeira edição, em 2005. Neste ano, na 13ª edição, a semana será realizada de 16 a 20 deste mês e o curso sobre a manipulação correta de alimentos será ministrado pelo professor Jurandi Oliveira e sua equipe, o doutorando Diederson Bortolini e a graduanda Bárbara de Oliveira. As inscrições para este e outros 85 cursos que serão oferecidos durante a Semana do Produtor Rural podem ser feitas até sexta-feira (13/07), na Coordenação de Extensão do CCTA/UENF.

O curso é ministrado em quatro horas de aula teórica, em sala de aula, com a exposição de slides com matérias de jornal, dados oficiais e esquemas ilustrativos abordando a parte biológica dos vegetais envolvidos com o tema. É direcionado para donas de casa, auxiliares domésticas, proprietários de quitandas e pequenos comércios de frutas e hortaliças em geral, ou qualquer consumidor consciente. De acordo com Jurandi Oliveira, o desperdício de alimentos acontece desde o campo até chegar à mesa do consumidor.

"Quando falamos de desperdício de alimentos (no caso, vegetais) estamos falando de um processo que acontece em toda a cadeia de produção, desde o campo (com a produção fora de padrões de qualidade e exigência do mercado, problemas na colheita, na seleção e toda a manipulação que acontece nos armazéns de embalagens), passando pelo transporte em estradas de péssima qualidade, caminhões inadequados, centros de distribuição e mercados com condições inadequadas de manipulação e exposição, até chegar à mesa do consumidor que muitas vezes não sabe comprar nem mesmo preservar alimentos em casa", explicou o professor.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Segundo dados da FAO (sigla em inglês para Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), cerca de 30% de todo alimento produzido no mundo é desperdiçado antes de chegar à mesa do consumidor. Essa quantidade de alimentos jogados no lixo representa um prejuízo econômico da ordem de R$ 3 trilhões/ano. Os vegetais estão entre os alimentos com o maior índice de desperdício, próximo de 45%.

Para Jurandi, é importante levar em conta o estado dos vegetais, que perdem vigor já a partir de colhidos. Segundo ele, conhecer melhor sobre como esses produtos reagem e interagem com o ambiente pode evitar o desperdício.

"Estamos falando de alimentos do tipo vegetais frescos, basicamente, que são produtos vivos, por mais que a gente se esqueça disso, mas são produtos vivos que estão respirando, transpirando e perdendo vigor a cada dia, hora e minuto. Se conhecermos um pouco sobre como esses produtos vivos reagem e interagem com o ambiente onde ele está exposto ou armazenado, podemos minimizar bastante a sua perda de vigor, prolongando a sua vida-útil", acrescentou.

No curso, serão respondidas dúvidas frequentes tanto de comerciantes tanto quanto de consumidores, como: qual a melhor maneira de armazenar, se é aconselhável acondicionar produtos diferentes juntos e qual quantidade ideal de produtos para se comprar durante a semana de forma a evitar o desperdício.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Jurandi Oliveira é professor associado I do Laboratório de Melhoramento Genético Vegetal do CCTA (Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias) da UENF, lotado no Setor de Fisiologia Vegetal, unidade de Bioquímica e Fisiologia Pós-colheita.

Fonte: Ascom


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso