Chás para diabéticos ? 7 opções para reduzir a glicemia! 

Facebook Whatsapp Twitter
Segunda-feira, 17 de junho de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Saúde

Chás para diabéticos ? 7 opções para reduzir a glicemia! 

Facebook Whatsapp Twitter Google+

17/05/2019 às 12h31

Reprodução
A diabetes, como todos sabem, é um aumento da taxa de açúcar (glicose) no sangue, seja por falta de insulina ou por que esta não funciona corretamente.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
A diabetes, como todos sabem, é um aumento da taxa de açúcar (glicose) no sangue, seja por falta de insulina ou por que esta não funciona corretamente. Por isso, o principal tratamento para a condição é ter uma alimentação adequada, já que a principal fonte de glicose está nos alimentos.

Dependendo do índice glicêmico do alimento, no caso dos carboidratos, a glicemia pode aumentar rapidamente ou se manter estável. Se o alimento possuir alto índice glicêmico, a glicose vai para o sangue rapidamente, fazendo a glicemia subir, o que piora o quadro da diabetes. Por outro lado, se o índice glicêmico for baixo, a glicose irá para a corrente sanguínea mais lentamente, não causando aumento abrupto da glicemia, o que é ideal para quem tem diabetes.

Contudo, não é apenas o índice glicêmico que precisa ser observado, é preciso, também, ficar de olho nas quantidades ingeridas, na qualidade dos alimentos em geral, sempre priorizando alimentos naturais, entre outros cuidados.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Para te ajudar nesse sentido, hoje trataremos de alguns chás que podem ser benéficos para os diabéticos, confira, a seguir.

Esse é o chá mais famoso para o controle da diabetes. Há muitos estudos mostrando que ele é capaz de reduzir a glicemia.

Uma pesquisa, feita no Brasil, descobriu que a planta possui uma proteína com estrutura muito parecida com a insulina bovina, fazendo com que esta funcione praticamente como a própria insulina do corpo humano.

Para fazer o chá de pata-de-vaca, ferva 1 litro de água, adicione 20g da erva, deixe descansar alguns minutos e coe.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

FOLHA DE FRAMBOESA

Apesar de ser pouco conhecido, o chá de folhas de framboesa é bastante benéfico à saúde. Para os diabéticos, ele é particularmente interessante, pois ajuda a manter a glicemia estável por meio de dois mecanismos: ativando a adiponectina, hormônio produzido pelas células de gordura de nosso organismo, que age diminuindo a resistência à insulina; e bloqueando a ação da enzima alfa-glicosidase, que é responsável pela transformação dos carboidratos ingeridos em açúcares, levando a uma menor absorção de glicose pelo intestino.

CHÁ VERDE

Devido à presença de polifenois, mais precisamente a epigalocatequina, o chá verde é um poderoso antioxidante e anti-inflamatório. Ele também inibe a ação da amilase, uma enzima que transforma o amido em glicose. Além disso, a epigalocatequina diminui a formação de glicose pelo fígado (processo chamado de gliconeogênese). Recomenda-se tomar cerca de 3 xícaras de chá verde por dia, ou seja, aproximadamente 600ml. Para fazer essa quantidade, coloque 3 colheres de sopa de chá verde em 600ml de água fervente.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

HIBISCO
O hibisco reduz a atividade da enzima intestinal alfa glicosidase. Com essa inibição, diminui-se a absorção de glicose por parte do intestino, evitando que a substância passe para o sangue. Também, melhora a resistência à insulina.Para preparar o chá, em um copo de água fervente, coloque uma colher de sopa de hibisco e deixe abafar por cerca de 10 minutos.Esse chá fica mais saboroso gelado, e você também pode adicionar outros ingredientes a ele, como gengibre, limão e canela.

CHÁ DE SÁLVIA
A sálvia ajuda a evitar que o fígado produza mais glicose e melhora a sensibilidade à insulina, por isso é considerado um bom hipoglicemiante natural.
Para fazer, coloque uma colher de sopa de folhas de sálvia em um copo de água fervente e deixe em infusão, depois é só coar e está pronto.

CHÁ DE CANELA
O principal composto da canela é o cinamaldeído, que tem ação hipoglicemiante graças ao seu poder de redução do esvaziamento gástrico, inibição das enzimas alfa-glicosidase e alfa-amilase pancreática, ativação dos receptores da insulina, redução da gliconeogênese e aumento da glicogênese, entre outros.
O ideal é colocar o pau de canela em um copo de água, esperar “curtir” e tomar para que suas características sejam melhor aproveitadas.

CHÁ DE CARQUEJA
A carqueja é famosa por ser benéfica ao fígado. E é justamente por isso que ela também auxilia no tratamento da diabetes, já que este órgão é responsável por produzir e metabolizar glicose, dentre outras funções.
Para fazer esse chá, basta colocar uma colher de chá em uma xícara de água fervente, coando após alguns minutos.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Lembrando que esses chás não substituem medicamentos. Sempre consulte seu médico antes de começar qualquer tratamento alternativo, mesmo que natural.

Além disso, o principal tratamento para a diabetes é a alimentação. Por isso, separamos algumas dicas para você que sofre com o processo de deixar a glicemia estável:

Evite ao máximo açúcares (de todos os tipos) e carboidratos simples, como produtos à base de farinha branca (pão, macarrão, massas), arroz branco e doces em geral (chocolates, biscoitos, sorvetes, bolos, sobremesas);

Prefira os carboidratos complexos como tubérculos (batatas, aipim), aveia, grãos integrais e frutas (com casca e bagaço para preservar as fibras).

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Consuma-os em quantidades moderadas e juntamente com alguma fonte de proteína ou lipídio, pois estes irão retardar a absorção da glicose;

Aumente o consumo de vegetais, pois eles possuem pouquíssimo carboidrato (glicose) e muitas fibras e nutrientes que ajudam a manter a glicemia;

Consuma mais alimentos in natura e menos industrializados, pois a grande maioria deles possui açúcar, altas quantidades de carboidratos e aditivos químicos. Fique atento aos rótulos, pois, muitas vezes, o açúcar está “disfarçado” com outros nomes, como glicose, frutose, maltodextrina, xarope de milho, sacarose, entre outros;

Tome bastante água e faça exercícios físicos.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

A consulta com médicos e especialistas deve ser frequente para monitorar a glicemia. Invista na sua alimentação, muitas vezes, como é na grande maioria dos casos de diabetes, ela é a base para uma vida saudável.

Fonte: Quero Viver Bem


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso