Quais as causas do ronco alto?

Facebook Whatsapp Twitter
Quinta-feira, 18 de julho de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Saúde

Quais as causas do ronco alto?

Facebook Whatsapp Twitter Google+

13/05/2019 às 11h28

Reprodução
Se trata de um indicativo de doença mais grave.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter Google+
Apneia do sono, obesidade, excesso de álcool, obstrução nasal e flacidez na musculatura estão entre as principais causas do ronco alto, aquele que atrapalha o sono do acometido pelo problema e também da pessoa que dorme ao lado.

Na realidade, muitas pessoas roncam, entretanto, é necessário entender quando esse ronco é normal ou patológico, ou seja, que se trata de um indicativo de doença mais grave.
 
COMO DESCOBRIR A CAUSA DO RONCO ALTO?

O ronco é caracterizado pelo barulho causado pela vibração dos tecidos da faringe quando o ar passa por eles.  Algumas pessoas simplesmente roncam quando dormem de barriga para cima, pois a língua cai para trás e reduz o espaço do ar na garganta.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

No entanto, outros indivíduos podem ter alguma doença e não sabem, como é o caso da apneia do sono, que é uma das causas mais graves do ronco e, a longo prazo, pode impactar inclusive o coração.

Na apneia, ocorre uma queda na oxigenação do sangue, fazendo com que a pressão arterial e a frequência cardíaca aumentem enquanto a pessoa dorme.

Essas quedas de oxigenação aumentam os riscos de o indivíduo ter infarto do miocárdio, AVC e arritmia cardíaca. Sem mencionar que a pessoa fica sem respirar mais de 10 segundos durante uma crise enquanto dorme.

Para saber se você tem essa doença, é importante consultar um cardiologista e solicitar o exame de monitoramento do sono. Por meio dele será identificado o grau do problema e orientado um tratamento, como o uso de CPAP, as terapias ou até mesmo uma cirurgia.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Em contrapartida, outros fatores devem ser considerados como a causa do ronco alto, são eles:

Refluxo gastresofágico;
Obesidade;
Problema nas amígdalas;
Adenoides muito grandes;
Desvio de septo;
Pólipos nasais;
Obstrução crônica do nariz;
Maus hábitos alimentares, sobretudo antes de ir dormir;
Consumo de álcool.

Fonte: Quero Viver Bem


Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso