Sexta-feira, 05 de junho de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Plantão Ururau

Campos e Estado do Rio descumprem decisão de 129 leitos no município, diz Defensoria

O município de Campos e o Estado do Rio de Janeiro descumpriram a decisão de implantar 129 leitos para atendimento de pacientes da Covid-19. A informação foi confirmada pela Defensoria Pública do RJ na noite desta sexta-feira (05/06). Na semana passada, o município ampliou de 19 para 29 leitos. Logo cumpriu pouco do que foi determinado e o estado não cumpriu nada. ... continuar lendo

Coluna do Trabalhador

Sindipetro

Demissões nas contratadas da Petrobras atingem mais de 4 mil trabalhadores

15/05/2020 às 08h36

Divulgação
O levantamento, feito pelo portal Petronotícias
Cerca de 4,5 mil trabalhadores da área de manutenção, de empresas contratadas da Petrobras, foram demitidos em razão das hibernações (paralisações) de plataformas realizadas pela companhia. O levantamento, feito pelo portal Petronotícias, foi publicado no último dia 11 (aqui). https://petronoticias.com.br/petrobras-suspende-contratos-de-manutencao-de-plataformas-e-atinge-4-500-trabalhadores/

Segundo o economista e técnico do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) , Iderlei Colombini, essa notícia confirma a estimativa que o Departamento e o Sindipetro-NF (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense) tinham desde o início da pandemia, de que haveria cerca de 4,8 mil demissões no setor petróleo.

De acordo com a reportagem, a Petrobras solicitou às prestadoras de serviço que mantivessem um contingente mínimo embarcado para atender às necessidades emergenciais das plataformas. Com isso, um grande contingente de trabalhadores foi afetado.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

As empresas que mais demitiram foram a Estrutural (300 trabalhadores), CSE/Aker (350 trabalhadores), Cobra ( 500 trabalhadores), MotaEngil (700 trabalhadores), Vince/Actemium (900 trabalhadores) e Imetame (700 trabalhadores).

A matéria confirma que a Petrobrás também paralisou os contratos com as embarcações de apoio envolvidas nas atividades de manutenção, as chamadas Unidades de Manutenção e Segurança (UMS).

“Cada UMS tem uma força de trabalho por turma que pode variar, em média, entre 500 e 600 profissionais. Cada unidade do tipo pode gerar entre mil e 1,5 mil empregos diretos, considerando que os profissionais trabalham em regime de escala de embarque. Essas embarcações abrigam profissionais de diferentes áreas – como mecânica, elétrica, manutenção de peças e equipamentos, hotelaria, movimentação de cargas, caldeiraria e pintura industrial”, descreve o Petronotícias.

O coordenador geral do Sindipetro-NF, Tezeu Bezerra, lembra que desde o início do aumento dos casos de covid-19 no país vem acompanhando com preocupação as demissões no sistema Petrobrás.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

 “No dia 18 de março o sindicato enviou à Petrobras um documento solicitando a redução das equipes, para manutenção da saúde dos trabalhadores, com garantia dos empregos e dos salários, mas Petrobras vem agindo de forma arbitrária e cometendo uma série de ilegalidades. O NF vem ganhando várias ações na justiça contra isso”, disse Tezeu.

Ele também lamenta o fato dessa gestão não se importar com o caráter social da empresa no Brasil. “Ao invés da Petrobras pegar os R$ 4 bilhões de lucro que teve em 2019 e usar para garantir empregos e salários em tempos de pandemia, a empresa faz totalmente o contrário, cancela contratos e coloca milhares de trabalhadores na rua”, afirmou.

 

Fonte: Ascom

+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso