Domingo, 26 de setembro de 2021
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Coluna Dom Roberto

Dom Roberto

Empatia, ternura e mansidão para um mundo dilacerado!

10/06/2021 às 11h27

Divulgação
Dom Roberto
                                                                                       

Conheço um Coração tão manso, humilde e sereno; com esta frase, da música do Pe. Joãozinho, apresentamos o mistério central do nosso Deus: seu Coração amoroso e compassivo que anima, conforta e cura nossa saudade e desejo de inteireza e perdão. Num país dividido e doente pela Pandemia, que ainda continua ceifando vidas, descobrir a companhia amiga e consoladora de um Deus que sempre está a procurar-nos, é fonte de luz e esperança.

Nele, mergulhamos na misericórdia que nos faz concertar nosso pobre coração machucado e tão sedento de apoio e acolhida. Com Ele, aprendemos a restaurar relacionamentos, renovar afetos, ser pacientes e suportar as nossas fraquezas e as misérias alheias. Somos capazes de perdoar e recomeçar de novo, não só no plano pessoal, mas escolher a não violência e a firmeza da verdade como estilo de vida e forja de uma política de amizade social e de comunhão como afirma o Papa Francisco.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

A ternura, que nos faz partir das nossas fragilidades para compreender e amar os outros onde estão, e como são, respeitando processos e ritmos diferentes, bem como a diversidade de pontos de vista. O Sagrado Coração prioriza sempre as pessoas, superando preconceitos ideológicos ou técnicas de manipulação, reconhecendo a singularidade e a riqueza interior de cada ser humano, seja de credo, raça, etnia ou grupo social.

Sendo frágua de amor e fonte de paz e reconciliação, se torna caminho inspirador da civilização da ternura e da partilha, que a Encíclica Fratelli Tuti propõe e assinala. Para o Sagrado Coração não existem pessoas irrecuperáveis ou fatalmente inimigas, senão irmãos como o filho pródigo, a serem reencontrados e salvos da morte e do sem sentido da sua existência. Coração que abraça também a toda criatura e ser vivo, pois a fraternidade é universal e nos une à toda a Terra que, como afirma São Paulo, geme dores de parto até que se manifeste plenamente a glória dos filhos de Deus.

Que, iluminados e conduzidos por esta presença cordial e transformadora, nos tornemos cada vez mais em cuidadores e amigos dos pobres, pequenos e sofredores, compartilhando, como Jesus, suas dores, esperanças e sonhos na construção do Reino definitivo. Deus seja louvado!

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Bispo Diocesano de Campos (RJ)

 

 


+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso