Sexta-feira, 05 de junho de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Economizando

Charles Medina

Queda do PIB no 1° trimestre 2020

30/05/2020 às 16h42

Reprodução
PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

O Brasil fechou o primeiro trimestre de 2020 com o PIB (Produto Interno Bruto) em queda de 1,5% segundo informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

Em videoconferência realizada por uma instituição financeira o Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse, que a economia brasileira pode fechar o ano em queda de mais de 5%.

Esse resultado da atividade econômica apresentado para os três primeiros meses do ano, reflete apenas os primeiros impactos da pandemia do novo Coronavírus, pois, as primeiras medidas de isolamento tiveram seu início em meados de março, queda ainda maior é esperada para o 2º trimestre, visto que o isolamento e consequente fechamento dos serviços não essenciais ocorreu em abril, maio e provavelmente continuará por todo ou parte do mês de junho.

Nesse contexto, oInstituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE), diz que a queda deve acelerar entre 10% e 15% no segundo tri, com novas quedas nos trimestres subsequentes até o ano que vem.

E para analisarmos essa queda no primeiro tri, é salutar observamos os setores afetados pela pandemia, com exceção do agronegócio, no lado da oferta, todos os grandes setores do PIB tiveram retração, segundo o IBGE.Quedas acentuadasforam observadas na prestação de serviços e indústria extrativa. Na demanda, o consumo das famílias puxou o indicador de forma mais acentuada para baixo.

O setor de serviços, que possui enorme peso no PIB do Brasil reduziu 1,6% no primeiro tri, com reduções nos itens que inclui hospedagem, alimentação fora de casa, academias esalões de beleza por exemplo, assim como os setores de eventos, turismo e lazer.

No comércio, as maiores retrações em março, ocorreram nas vendas de tecidos, vestuário e calçados -42,2%, veículos -36,4%, livros, jornais, revistas e papelaria -36,1%, outros artigos de uso pessoal e doméstico -27,4% e móveis e eletrodomésticos -25,9%, aponta o IBGE, apenas , os segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios e bebidas cresceram, aumento de 14,6%. 

Hoje o Brasil é um dos novos epicentros da pandemia, sendo no momento o segundo país em número de casos, dessa forma, há grande incerteza sobre a flexibilização e a retomada ou não, das atividades econômicas que estão impedidas de funcionar e se haverá necessidade em caso de flexibilização de novos fechamentos, já que não se tem ao certo a certeza de quando haverá uma vacina ou um remédio eficaz.

À vista disso, novas quedas do PIB são esperadas, bem comoum possívelaprofundamento da crise econômica. Além do Produto Interno Bruto outro indicador que preocupa é a taxa de desemprego que atingiu 12,2% no 1º trimestre de 2020, afetando 12,9 milhões de pessoas, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua) divulgada pelo (IBGE).

Agora, cabe observar o encaminhar dos dados e indicadores e as ações realizadas para minimizar os impactos para o segundo tri.A crise da saúde e essa atual da economia caminham juntas, enquanto a primeira não for resolvida, esforços extras terão que ser realizados para debelar a crise econômica.

Charles Medina Faria

+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso