Quarta-feira, 25 de novembro de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Saúde & Negócios

Anderson Esteves

Como as PME são importantes na geração de emprego

12/10/2020 às 19h56

Reprodução
As PME superam a geração de emprego, tanto nos postos ativos quanto naqueles criados anualmente.
 As Pequenas e Médias Empresas (PME) são a força da economia mundial. Suas características são interessantes e faz a sociedade olhar diferente quando as conhece. Na Coluna Saúde&Negócios, desta semana, trará a importância das PME, o papel diferencial para o mercado e sua classificação.

Analisando alguns candidatos nos últimos Processos Seletivos, foi identificado o grande desejo em somente atuar em Grandes Empresas (GE). Não parece estranho, mas também não soa de forma inteligente, uma vez que a quantidade da oferta é desproporcional entre GE e PME. É claro que a nível estrutural nas condições de trabalho, no nível salarial, na oportunidade de crescimento etc, também haverá uma disparidade entre uma e outra.

Mas quem são as PME? No Brasil, essa classificação oferece um desafio à nossa legislação, os autores divergem entre si quanto ao conceito exato. No Brasil, na Lei 123/2006, aplica a nomenclatura ME para Microempresas e EPP para Empresas de Pequeno Porte levando em consideração a receita de vendas anual, que a partir de 2018, os limites foram para R$ 480 mil e R$ 4,8 milhões, respectivamente. Contudo, o IPEA e o IBGE citam a classificação aceita internacionalmente para comparação dos dados estatísticos, principalmente da União Europeia, através do número de colaboradores nas empresas, ficando assim: Pequena Empresa – emprega até 50 colaboradores e Média Empresa – entre 50 e 250 colaboradores. Porém sua pesquisa no Brasil, é realizada estruturalmente pelas áreas de negócios (Indústria, Comércio, Construção e Serviços).

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Na Espanha, as PME são 90% de toda contingência de empresas, segundo o Ministerio de Industria de España. Nos Estados Unidos, esse número se repete, de acordo com o United States Department of Commerce. No Brasil, em 2015, as MPE representaram 90% das 3,3 milhões de empresas investigadas. Com um salto de 2% para o Comércio (92%) e uma queda de 8% para Indústria (82%).

Segundo Storey e Jhonson (1987), as PME superam a participação na geração de emprego, tanto nos postos ativos quanto nas empresas novas criadas anualmente. Esse conhecimento é importante para a reflexão sobre o comprometimento do colaborador, independente do porte da empresa.

Pode-se reconhecer as PME por algumas características básicas:

- Insuficiência de tecnicidade na gestão: devido a formação básica dos gestores e a falta de maiores recursos;

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

- Capacidade financeira insuficiente: devido ao pouco acesso aos mercados de capitais, o que geralmente freia o crescimento da PME e maior preocupação de seus gestores;

- Risco ao nível de incompetência: a partir do crescimento do negócio e a falta de um planejamento estratégico;

- Risco a obsolescência: não dispor de capital de investimento para acompanhar o mercado;

- Facilidade de comunicação interpessoal: devido a quantidade de colaboradores e o espaço físico ser reduzido;

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

- Facilidade na tomada de decisão: devido a obtenção de um organograma simples;

- Facilidade de integração da equipe: cria-se mais harmonia e concilia os interesses pessoais em razão do número de colaboradores;

- Facilidade de encontrar nichos de mercado: a partir do momento que a GE não consegue alcançar alguns clientes e temas.

Outra forma de considerar as PME consideravelmente útil é:

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

- PME Marginal: aquelas não possuem diferencial, nenhum indício de criatividade e não há uma vantagem competitiva;

- PME Diferenciada: contém um diferencial de mercado e possui uma personalidade que atrai a clientela;

- PME Potencial: chamada também de ‘gazelas’, pois correm muito e possuem um grande potencial de futuro, tem um estilo próprio e uma estratégia de direção diferenciada.

Na próxima edição, trataremos sobre as oportunidades de trabalho das PME e o processo de seleção de candidatos, observando o profissionalismo na ação. Até lá!

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

                                                                                                                           Anderson Esteves

                                                                                                                                Psicólogo

                                                                                                                         hipnoterapeuta

                                                                                                                                Consultor 

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

 

 


+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso