Arquivado: pedido de apreensão de celular de Jair Bolsonaro

Facebook Whatsapp Twitter
Sexta-feira, 03 de julho de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Plantão Ururau

Vídeo: Carro explode durante abastecimento de gás em posto de combustíveis em Campos

Um carro Celta explodiu enquanto era abastecido com gás natural, na manhã desta sexta-feira (03/07) no Parque Bela Vista, em Campos. ... continuar lendo

Brasil e Mundo

Arquivado: pedido de apreensão de celular de Jair Bolsonaro

Decisão foi tomada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal

Facebook Whatsapp Twitter

02/06/2020 às 07h26 Verônica Mattos

CARLOS MOURA/SCO/STF
Ministro afirmou que eventual descumprimento de decisão judicial por Bolsonaro seria crime de responsabilidade

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello arquivou na noite desta segunda-feira (01/06) o pedido de apreensão dos celulares de Jair Bolsonaro e seu filho, Carlos Bolsonaro, feito por partidos políticos e parlamentares para a investigação sobre a suposta interferência política do presidente na Polícia Federal (PF).

O procurador-geral da República, Augusto Aras, já havia se manifestado no STF contra a apreensão dos aparelhos. Aras entendeu que, como a investigação é competência do MPF, não cabe intervenção de terceiros no processo, como no caso de partidos e parlamentares.

Na decisão, o decano do STF fez questão de reafirmar a posição da Corte “neste singular momento em que o Brasil enfrenta gravíssimos desafios”.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

“Torna-se essencial reafirmar, desde logo, neste singular momento em que o Brasil enfrenta gravíssimos desafios, que o Supremo Tribunal Federal, atento à sua alta responsabilidade institucional, não transigirá nem renunciará ao desempenho isento e impessoal da jurisdição, fazendo sempre prevalecer os valores fundantes da ordem democrática e prestando incondicional reverência ao primado da Constituição, ao império das leis e à superioridade político-jurídica das ideias que informam e que animam o espírito da República”, disse Celso de Mello.

Os pedidos tinham sido feitos pelo PDT, PSB e PV e também eram direcionados ao ex-ministro Sérgio Moro; ao ex-diretor-geral da PF, Maurício Valeixo; e à deputada Carla Zambelli.

 

Fonte: O Globo

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso