Associação de shoppings estima 120 mil demitidos e 15 mil lojas falidas

Facebook Whatsapp Twitter
Sábado, 30 de maio de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Plantão Ururau

Reunião: hospital de campanha com data de inauguração indefinida

O Governo do Estado do Rio de Janeiro está negociando com um consórcio privado para assumir a gestão dos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes graves da Covid-19, após o atraso na entrega pela organização social Iabas.  ... continuar lendo

Brasil e Mundo

Associação de shoppings estima 120 mil demitidos e 15 mil lojas falidas

Facebook Whatsapp Twitter

23/05/2020 às 11h42 23/05/2020 às 12h07 Lucas Arantes (Estagiário)

Reprodução
A associação antecipou o número de demitidos, mas só deve apresentar uma pesquisa detalhada na semana que vem.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

As lojas de shopping centers demitiram 120 mil pessoas no Brasil em razão da quarentena provocada pela pandemia de covid-19. A estimativa é de que 15 mil lojas fechem as portas definitivamente.

Os dados preliminares foram antecipados ao UOL pela Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), que representa 105 mil lojas no país. A associação antecipou o número de demitidos, mas só deve apresentar uma pesquisa detalhada na semana que vem.

Ao UOL, o presidente da entidade, Nabil Sahyoun, responsabilizou governadores e prefeitos pelas demissões. "Essa situação vai piorar se governadores e prefeitos não determinarem a reabertura gradual e cuidadosa da economia. Ontem, dados mostraram que a arrecadação federal de impostos é a menor em 13 anos."

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Ele afirma que o fato de estados e municípios não ter adiado o pagamento de impostos por parte das companhias prejudicou o empresariado e "também os empregados que dependem das empresas funcionando", disse, em relação às demissões.

Para Sahyoun, os governadores apoiam medidas restritivas sem considerar "que já não terão sequer receita para manter o sistema de saúde em funcionamento e os salários dos servidores".

Na quarta-feira (20) pela manhã, Sahyon se juntou a outras sete entidades em uma teleconferência com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para pedir "medidas urgentes", como liberação de créditos com juros menores e redução de burocracias para contrair empréstimos em bancos. Mas a principal medida defendida é mesmo o fim da quarentena. "Mais de 4.000 municípios têm condições de permitir a reabertura, pois tem baixa ocupação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva)".

Fonte: Uol

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso