'Vai ter a quarta parcela, mas não de R$ 600', diz Bolsonaro sobre auxílio emergencial

Facebook Whatsapp Twitter
Sábado, 30 de maio de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Plantão Ururau

Reunião: hospital de campanha com data de inauguração indefinida

O Governo do Estado do Rio de Janeiro está negociando com um consórcio privado para assumir a gestão dos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes graves da Covid-19, após o atraso na entrega pela organização social Iabas.  ... continuar lendo

Brasil e Mundo

'Vai ter a quarta parcela, mas não de R$ 600', diz Bolsonaro sobre auxílio emergencial

Facebook Whatsapp Twitter

23/05/2020 às 11h05 23/05/2020 às 11h16 Aline Mendes

Reprodução
Bolsonaro afirmou ter conversado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, mas ressaltou que os valores ainda não estão definidos.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que haverá uma quarta parcela do auxílio emergencial, com valor reduzido, e disse que poderá ser paga ainda uma quinta parcela, que seria menor do que a quarta. Bolsonaro afirmou ter conversado com o ministro da Economia, Paulo Guedes, mas ressaltou que os valores ainda não estão definidos.

— Conversei com o Paulo Guedes que nós vamos ter que dar uma amortecida nisso aí. Vai ter a quarta parcela, mas não de R$ 600. Não sei quanto vai ser, R$ 300, R$ 400. E talvez tenha a quinta, talvez seja R$ 200 ou R$ 300. Até para ver se a economia pega — disse Bolsonaro, em entrevista à rádio Joven Pan.

Bolsonaro disse que não pode "jogar para o espaço" o valor que já foi investido no auxílio:

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

— Não podemos jogar para o espaço mais de R$ 110 bilhões, que foram gastos dessa forma, isso vai impactar a nossa dívida no Tesouro, e para ver se a economia pega.

Em reunião com empresários nesta semana, Guedes disse estar avaliando reduzir o valor do auxílio para R$ 200, após o pagamento da terceira parcela. É uma das formas de fazer com que o programa seja encerrado de forma gradual.

Na versão original do projeto, a equipe econômica previa que o auxílio emergencial — criado para mitigar os efeitos da crise do coronavírus — fosse de R$ 200.

O valor foi pensado por ser semelhante à média do repassado às famílias do Bolsa Família. No Congresso, o benefício acabou sendo ampliado para R$ 500 e, depois, o presidente Jair Bolsonaro fechou acordo para elevar a ajuda para R$ 600.

Fonte: Extra

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso