Ano letivo na rede municipal começa com novo sistema de avaliação

Facebook Whatsapp Twitter
Domingo, 23 de fevereiro de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Cidades

Ano letivo na rede municipal começa com novo sistema de avaliação

Facebook Whatsapp Twitter

24/01/2020 às 16h02 Aline Mendes

Supcom
Entre as mudanças estão: o fim do Bloco Alfabetizador, que impedia a reprovação do aluno nos 1º e 2º anos.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

O ano letivo de 2020 na rede municipal começa com um novo sistema de avaliação e novas matrizes curriculares. A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Smece) publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (24) duas resoluções oficializando as mudanças (AQUI). As principais delas são: o fim do bloco alfabetizador, que impedia a reprovação do aluno nos 1º e 2º anos, e o término da possibilidade de dependência de matérias para alunos do 9º ano, o último do Ensino Fundamental. A publicação formaliza ainda a matriz da Escola Integral e os aumentos da carga horária de Português e Matemática, de quatro para seis tempos, iniciados no ano passado como projeto.

— Desta forma decretamos o fim do sistema de aprovação automática em toda a nossa rede. Já tínhamos feito a mudança nos outros anos, mas o Bloco Alfabetizador nos impedia de reter o aluno nos 1º e 2º anos. Rompemos com um sistema que já provou não ser o método mais adequado. Acreditamos na alfabetização na idade certa, devolvendo a autonomia ao professor alfabetizador. Não podemos mais ter crianças que terminam o primeiro segmento de ensino fundamental sem dominar as linguagens básicas necessárias para prosseguir na vida escolar e, muitas vezes, carregam essa defasagem pra vida — explica o secretário de Educação, Brand Arenari.

Antes de ser implementada, a mudança foi debatida com os pedagogos da rede municipal no ano passado. Esta é a segunda alteração no sistema de avaliação promovida pela atual gestão da secretaria de Educação.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

— No primeiro sistema, nem todas alterações que queríamos aconteceram, por entendermos que estas devem ser gradativas, mas tivemos avanços, como: o fim da reclassificação obrigatória aos alunos de média 45 a 49 e a redução de dependências de oito para duas. Este ano, com a impossibilidade destas para o aluno do 9º ano, estamos convergindo a rede municipal com as estadual e a federal, que não aceitam este aluno no Ensino Médio, o deixando em um limbo — detalha o subsecretário pedagógico Rafael Damasceno.

Fonte: Supcom

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso