Defeso interrompe Pesca na Bacia do Paraíba

Facebook Whatsapp Twitter
Sábado, 31 de julho de 2021
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Cidades

Defeso interrompe Pesca na Bacia do Paraíba

Facebook Whatsapp Twitter

05/11/2019 às 17h36 Redação

Reprodução
Defeso da Piracema, iniciado em 1º de novembro, prossegue até 28 de fevereiro, em cumprimento à lei n.º 11.959/2009.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

A Prefeitura de São João da Barra, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos e de Pesca, alerta aos pescadores profissionais e amadores, além de donos de estabelecimentos comerciais, que está paralisada temporariamente a pesca no rio Paraíba do Sul e em lagoas em função do Defeso da Piracema, que prossegue até o dia 28 de fevereiro de 2020.

O secretário de Pesca, Analiel Vianna, ressalta a necessidade de cessar a pesca para que os peixes possam reproduzir e completar o ciclo que deixa o rio e lagoas produtivos para a classe pesqueira. “Paralisar a pesca nesse momento é um ato de responsabilidade dos pescadores para que nunca falte o pescado”, disse Analiel, ressaltando que nessa época acontece o deslocamento dos peixes para desovar.

“Durante o Defeso da Piracema o Grupamento Ambiental (GAM) da Guarda Civil Municipal intensificará o trabalho de fiscalização e conscientização. Os infratores estarão sujeitos a penalidades elencadas na Instrução Normativa IBAMA nº 195, de 02 de outubro de 2008”, explicou a secretária de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Joice Pedra, informando que a medida entrou em vigor dia 1º de novembro e tem por objetivo a preservação de todos os recursos pesqueiros.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

– Vale ressaltar aos pescadores para não pescar no rio e nas lagoas e aos donos de estabelecimentos que não comercializem peixes nativos como traíra, lambari, caximbau, carpa, piau, dentre outros, neste período de reprodução – concluiu Joice, destacando que só através da sensibilização, haverá preservação para a reprodução das espécies, garantindo a sustentabilidade do ambiente.

Balneabilidade no Pontal de Atafona

A balneabilidade no rio Paraíba do Sul, no Pontal de Atafona, após o fechamento da foz, foi o assunto da reunião entre a secretária de Meio Ambiente e Serviços Públicos de São João da Barra, Joice Pedra, e o novo superintendente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Frederico de Almeida, nesta segunda-feira, 4, na sede do órgão, em Campos dos Goytacazes. Prontamente, Frederico autorizou que nesta quarta-feira, 6, sejam feitas as primeiras coletas de amostra da água para saber se está ideal para banho, atendendo a solicitação da Secretaria.

Segundo a técnica química do Inea, Maria Cristina Guzzo, o órgão responsável pela coleta de amostras de rios, lagoas e mares nunca analisou a balneabilidade da área do Pontal. Será a primeira vez. A coleta no rio é sempre feita para determinar a salinização. "Iremos coletar durante cinco semanas a água do Paraíba para saber suas condições, conforme determina a Resolução Conama 274/2000", explica.

O último boletim de balneabilidade do Inea das praias de Grussaí, Chapéu de Sol, Atafona e lagoa de Grussaí foi divulgado em 21 de outubro. A análise é feita quinzenalmente e o resultado acessado pelo site do Inea. Em Atafona,  o último ponto de coleta foi na área da antiga caixa d'água. De acordo com o boletim o local  está propício ao banho de mar.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

"A pasta do Meio Ambiente está atenta ao intenso movimento no Pontal. Por isso, estivemos com o superintendente do Inea pedindo que seja incluido no monitoramento pontos de coleta no Pontal de Atafona para análise de balneabilidade, no que fomos prontamente atendidos. Vou estar, nesta quarta-feira, acompanhando a coleta dessas amostras e dando suporte necessário aos técnicos do Inea", diz a secretária Joice Pedra.

Ainda de acordo com a secretária, a população precisa estar informada quanto à balneabilidade na área para não se colocar em risco, portanto, a necessidade de dados concretos. "Desde o fechamento da foz, estruturas do governo da prefeita Carla Machado vêm tomando medidas com o objetivo de conservar o local e manter a segurança da população, com orientação e fiscalização do tráfego ilegal de veículos, controle de acessos, disponibilização de salva-vidas e limpeza da área", ressalta.

Na reunião, Joice esteve acompanhada do subsecretário Marcos Sá e da gerente da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Marcelle Terra.

Fonte: Ascom

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso