Alerj discute suspensão de operações policiais em comunidades durante isolamento social

Facebook Whatsapp Twitter
Sábado, 30 de maio de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Plantão Ururau

Reunião: hospital de campanha com data de inauguração indefinida

O Governo do Estado do Rio de Janeiro está negociando com um consórcio privado para assumir a gestão dos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes graves da Covid-19, após o atraso na entrega pela organização social Iabas.  ... continuar lendo

Estado RJ

Alerj discute suspensão de operações policiais em comunidades durante isolamento social

Facebook Whatsapp Twitter

22/05/2020 às 11h38 Verônica Mattos

Reprodução
Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Rio discute na próxima segunda-feira

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) discute na próxima segunda-feira um projeto de lei que determina a suspensão de operações policiais nas comunidades e periferias do Estado do Rio de Janeiro durante o período de isolamento social. A reunião está marcada para às 10h.

A suspensão das operações policiais se refere às ações táticas da política de segurança, não abrangendo o atendimento à população em geral, por solicitação do serviço de chamada ou registro de ocorrência.

A discussão do projeto ocorre na esteira de uma série ações que culminaram em mortes de jovens em favelas nesta semana.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

O projeto de autoria da deputada estadual Dani Monteiro (Psol) traz na justificativa que "o que as moradoras e moradores de favelas e periferias necessitam neste momento é que o Estado entre nesses territórios com auxílio emergencial financeiro, cestas básicas, insumos para a rede pública de saúde, água potável, sanitização das ruas e vielas, gás, enfim, proteção e seguridade social".

Semana marcada por morte de jovens durante operações

Nesta quinta-feira, uma operação da UPP da Providência no Centro do Rio resultou na morte de um jovem de 19 anos. A ação também interrompeu uma ação de distribuição de cestas básicas. Segundo relatos de moradores, Rodrigo Cerqueira trabalhava em uma barraca quando foi atingido pelo disparo. A Polícia Militar, no entanto, diz que ele era suspeito. 

Na noite da véspera, quarta-feira, João Vitor Gomes da Rocha, 18, foi morto durante uma operação conjunta da Polícia Militar com a Polícia Civil na Cidade de Deus. Segundo a polícia, ele fazia parte de uma quadrilha especializada em sequestro-relâmpago que age nas imediações do bairro da Zona Oeste do Rio. A mãe do jovem, no entanto, nega a versão e diz que o filho não estava envolvido com a criminalidade. Na ocasião, voluntários do Movimento Frente CDD distribuíam 200 cestas básicas para moradores da comunidade.

Na segunda-feira, familiares denunciaram que Iago César Gonzaga, de 21 anos, foi torturado e morto por policiais militares durante uma operação na comunidade de Acari, na Zona Norte do Rio. No mesmo dia, morreu o adolescente João Pedro Matos Pinto, de 14 anos, atingido por tiro de fuzil disparado por policiais quando estava brincando no quintal de casa. Segundo a família e testemunhas, policiais chegaram atirando à casa onde João e amigos estavam, na praia da Luz, em Itaoca. Ele foi baleado e colocado em um helicóptero da Polícia Civil. A família ficou sem notícias de seu paradeiro por 17 horas.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Na sexta-feira da semana passada (15) uma operação com intenso tiroteio levou terror ao Complexo do Alemão, Zona Norte. A Polícia Civil identificou os corpos de 12 mortos durante a ação que tinha como objetivo encontrar um paiol com armas, munições e drogas. Moradores precisaram transportar a pé os corpos envolvidos em lençóis para a parte baixa da comunidade. Moradores denunciaram que tiveram suas casas invadidas.

Fonte: O Dia

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso