Polícia vai encaminhar inquérito de injúria racial contra Cacau Protásio para os Bombeiros

Facebook Whatsapp Twitter
Quinta-feira, 13 de agosto de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Estado RJ

Polícia vai encaminhar inquérito de injúria racial contra Cacau Protásio para os Bombeiros

Facebook Whatsapp Twitter

07/12/2019 às 12h26 07/12/2019 às 12h27 João Paulo

Reprodução
Corporação informou que existe um procedimento interno em andamento, que está na fase de identificação de envolvidos.

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

A Polícia Civil vai encaminhar a investigação de injúria racial contra Cacau Protásio para o Corpo de Bombeiros. A atriz foi alvo de ataques racistas e gordofóbicos após uma gravação da comédia "Juntos e enrolados", no Quartel Central dos Bombeiros, no Centro do Rio, no dia 24 de novembro. No filme, a artista interpreta uma sargento da corporação.

De acordo com Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), responsável por registrar o caso, por se tratar de um crime praticado por militares em serviço, dentro de uma instituição militar, a investigação ficará a cargo do próprio Corpo de Bombeiros conforme determina a legislação.

Em entrevista ao "Fantástico", exibida no último domingo pela TV Globo, Cacau Protásio falou sobre as ofensas que sofreu por parte de bombeiros.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

"Eu não mereço ser xingada. Eu mereço respeito, não só eu como qualquer ser humano. Cheguei lá e fui super bem recebida pelos bombeiros. Foi por um grupo de WhatsApp dos Bombeiros [que começou a polêmica]. E é muito doloroso ouvir", disse.

Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que existe um procedimento interno em andamento, que está na fase de identificação de envolvidos. A punição administrativa é voltada para a conduta disciplinar, tendo como base o Regulamento Disciplinar do Corpo de Bombeiros RJ (RDCBMERJ).

Ainda segundo a corporação, até o momento, Corpo de Bombeiros não recebeu remessa da Polícia Civil. Sendo o entendimento da autoridade policial que se trata de um crime militar, tão logo se receba esse parecer, o Inquérito Policial Militar (IPM) será instaurado.

"Aproveitamos a oportunidade para esclarecer que, a qualquer tempo, uma sindicância pode evoluir para um IPM. O Corpo de Bombeiros ressalta que não compactua com nenhum tipo de ato discriminatório. O CBMERJ reforça o seu compromisso com a população de Vida Alheia e Riquezas Salvar independente de raça, gênero ou qualquer outra distinção. Os atos divulgados não representam a corporação centenária que, por anos seguidos, é considerada a instituição mais confiável do Brasil", disse a corporação, em nota.

Fonte: O Dia

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso