FAO elogia acordo contra pesca ilegal

Facebook Whatsapp Twitter
Domingo, 05 de julho de 2020
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Plantão Ururau

Campos contabiliza 2.169 casos confirmados da doença, sendo 125 óbitos

Neste domingo (5), 47 novos casos de covid-19 foram registrados em Campos. Dentre os novos casos, óbitos de dois homens, de 66 e 73 anos, com comorbidades. De acordo com o Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, o município contabiliza 2.169 casos confirmados da doença, sendo 125 óbitos.  ... continuar lendo

Rural

FAO elogia acordo contra pesca ilegal

Facebook Whatsapp Twitter

05/06/2019 às 11h53 Aline Mendes

Reprodução
Países proíbem que navios com pesca ilegal atraquem nos portos

Compartilhe essa notícia!

Facebook Whatsapp Twitter

O Diretor Geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), José Graziano da Silva, felicitou hoje os mais de 100 países comprometidos com a luta contra a pesca insustentável e ilegal. A delicitação ocorreu observando que a rápida adoção do Acordo sobre medidas do Estado do porto (AMERP), que visa prevenir, impedir e eliminar a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada (IUU), tem sido uma "conquista fantástica".

A AMERP, um tratado internacional mediado pela FAO, entrou em vigor em 2016, sendo que, hoje, 87 países são partes. "Hoje vejo uma sala cheia de delegados a mais do que dois anos atrás", disse Graziano da Silva em um discurso na Segunda Reunião das Partes do PSMA, que se reuniu no Chile para discutir como otimizar a implementação do tratado. 

A AMERP exige que os navios estrangeiros sejam inspecionados em qualquer porto de escala, se os estados portuários considerarem necessário, e que os estados compartilhem informações sobre as violações detectadas. O acordo reforça as regras estabelecidas que exigiam que os países controlassem as atividades de suas próprias frotas de pesca e foi projetado para aumentar o custo da pesca, dificultando a venda de peixes capturados ilegalmente. 

"Uma das principais condições para que a AMERP atinja bons resultados é ter um grande número de países que impedem que as embarcações desembarquem suas capturas ilegais", disse Graziano da Silva. "Caso contrário, se um navio não puder atracar em um país em particular, ele o fará em um país vizinho”, conclui. 

Fonte: Agrolink

NOVIDADE!

Clique aqui e acesse o mais novo canal de Podcasts do Portal Ururau. Política, Economia, Esportes, Games, Inovação e muito mais você encontra no Ururau Podcast.

Estamos no Spotify, Apple Podcast, Google Podcast e Deezer. Assine já!



Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o https://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso