Sexta-feira, 18 de outubro de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Coluna do Psicanalista

Luiz Duncan

Quem não ama acama

12/10/2019 às 21h24

Reprodução
Quem não ama acama

Muitos são os caminhos que nos levam ao encontro do que a psicanálise nos ensina de mais surpreendentes e profundos acerca dos paradoxos da estruturação do sujeito, de suas marcas significantes, de seus modos de fazer laços sociais delineados de amor e de ódio, com doses diversas.

Uma fala incansável que as mulheres discursam é não compreender o que os homens desejam delas? E os homens! O que querem as mulheres?

Lacan sempre apontou que a discussão em busca de um acordo de um sexo ao outro é da ordem do impossível. Os amantes estão presos a aprender vivamente a língua um do outro, buscando ferramentas, sempre anuláveis.  “Amar é se perder em um labirinto. O amor é labiríntico. Pelos caminhos do amor que você perde o seu caminho, você se perde. “Jacques-Alain Miller”.

 Freud nos assinala que a condição do amor reside na causa do desejo, e que quando nos apaixonamos, nos apaixonamos por uma imagem da outra pessoa que reflete algo sobre nós mesmos ou que nos faz lembrar de alguém que amamos ou admiramos.

O estar apaixonado consiste num fluir da libido do ego em direção ao objeto. A escolha do objeto de amor detêmum traço particular, ou um conjunto de traços, que tem, para cada um, função determinante.Tem a ver com sua história singular e íntima.Assim o amor é a afirmação de ser e da vida. Nas situações mais limites de ameaça ao ser, ou seja, de corte radical de deixar de ser, de existir, o que se tem? A apresentação, a declaração do amor.

 O amor é inconcebível sem a palavra, justamente porque “amar é dar o que não se tem”, e não se pode dar o que não se tem senão falando, porque, falando, damos nossa falta-a-ser. Para amar, é necessário confessar sua falta e reconhecer que se tem necessidade do outro, que ele lhe falta. Os que se predispõem aser completos sozinhos, não sabem amar.

Freud nos aponta que em todo tratamento psicanalítico está presente uma tentativa de libertar o amor recalcado, e que estar apaixonado é estar mais próximo da insanidade do que da razão, quem não ama não conhece nem os riscos nem as delicias.

Só se ama verdadeiramentea partir de uma posição feminina. Amar feminiza.  Um homem enamorado, que não tem segurança na sua virilidade, pode ter retornos de orgulho, assaltos de agressividade contra o objeto de seu amor, porque esse amor o coloca na posição de incompletude, de dependência. Seamor é cura, também é loucura. Devemos começar a amar a fim de não adoecermos e estamos fadados a cair doentes se, em decorrência de insatisfações, formos incapazes de amar.

 

                                                                                                    Luiz Roberto Duncan

                                                                                                          Psicanalista

 

 

 

+ NOTÍCIAS

  • A Solidão

    Nossos limites e nossas faltas nos pertencem, são de nossa própria responsabilidade e não do outro. 06 de Outubro de 2019
  • O Amor cortês

    O Amor cortês 28 de Setembro de 2019
  • O vazio

    O vazio 22 de Setembro de 2019
  • O Medo

    O Medo 14 de Setembro de 2019
  • O Amódio

    O Amódio 08 de Setembro de 2019
Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso