Segunda-feira, 19 de agosto de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Coluna do Psicanalista

Luiz Duncan

Culpa e Responsabilidade

17/08/2019 às 18h46

Reprodução
Culpa e Responsabilidade

 A lei que o superego impõe ao ego faz emergir o sentimento de culpa, Lacan situa esse sentimento em outra via, em um outro tipo de ética,“Só se sente culpado quem cedeu ao seu desejo”, para Lacan, em um lado da moeda está a culpa e, no outro, a responsabilidade. A culpa é um julgamento crítico do superego à consciência irracional do dever. A responsabilidade é a consciência do verdadeiro desejo do indivíduo.

Em O Mal-Estar na Civilização, Freud nos diz que: “O preço que pagamos por nosso avanço na civilização é a perda da felicidade com a intensificação do sentimento de culpa", apontando que as sociedades modernas reforçam nosso sentimento interno de culpa e com isso uma forte influência no surgimento da depressão. Podemos verificar isso no mundo virtual que vivemos hoje, onde toda imagem é construída para aparentar a perfeição, qualquer sensação de falta ou falha causa descompensação.

“Sentir-se culpado” e “provocar culpa” são mecanismos que costumam ocorrer com certa frequência nas relações interpessoais. A culpa surge, muitas vezes se reatualizando, quando o sujeito percebe ter investido a vida a viver como os demais esperavam: se dedicando a cumprir expectativas da família, da sociedade. De não ter sido capaz de alcançar um equilíbrio entre a vida profissional e a vida familiar ou social. Não ter se permitido ser mais feliz.

Não transferir a culpa para os outros é fundamental para que o sujeito possa assumir a responsabilidade por si mesmo, por seus conflitos e por decisões difíceis que ele tenha que tomar ao longo da vida. Assim, ele pode se afastardaquela criança que tinha que ser perfeita e não podia errar para ser amada. Todas as pessoas erram, falhas e imperfeições de fato fazem parte da condição humana, de certa forma, constituem nossa essência.

Existe uma diferença fundamental entre culpa e responsabilidade. A responsabilidade traz em si a potência, a atividade e a motivação. A culpa, por sua vez, a impotência, a negatividade e a paralisia.Assumir responsabilidade de si mesmo é ter a predisposição de criar novos destinos para antigos sofrimentos.

   Freud nos presenteia: “Qual a sua responsabilidade na desordem da qual você se queixa”?  Se não abrirmos os olhos para o nosso interior e percebermos qual é a nossa parte nos sofrimentos e frustrações pelas quais estamos passando, nada irá mudar. É da ordem do impossível.

 

                                                                 Luiz Roberto Duncan

                                                                         Psicanalista

 

 

 

+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso