Sábado, 24 de agosto de 2019
Anuncie no Ururau | Contato
Logo

Coluna do Psicanalista

Luiz Duncan

O carteiro e o Poeta

18/03/2019 às 09h33

O carteiro e o Poeta
O carteiro e o poetaé um filme belgo-franco-italiano de 1994 dirigido por Michael Radford, a história se passa em uma ilha na Itália onde por razões políticas o poeta Pablo Neruda se exila. Lá, um homem chamado Mario é contratado como "carteiro" para cuidar da correspondência do poeta. Pouco a pouco, de metáfora em metáfora, surge uma amizadeentre os dois.

Logo no início do seu trabalho, Mario surpreende-se com a quantidade de cartas de mulheres recebidas por Neruda e passa a fantasiar sobre que poder é esse que possui este homem para conquistar tantos corações femininos. Surge uma grande admiração pelo poeta, Mario começa a ler seus versos e pede-lhe que os explique. O pedido é respondido, sem responder, pelo poeta. ”Como explicar com as suas palavras o que eu escrevi com as minhas?”Além disso, “a poesia explicada se torna banal”. Mas o carteiro não desiste, volta aos versos de Neruda e declara identificar-se com ele quando diz “estou cansado de ser homem”.

Ao perceber o interesse de Mário por poesia, Neruda lhe mostra que as metáforas são um recurso verbal/textual, que consiste em utilizar uma palavra ou uma expressão em lugar de outra, sem que haja uma relação real, mas em virtude da circunstância as associa e depreende entre elas certas semelhanças, o que enriquece e muito o texto poético. Mário fica extasiado com a beleza da linguagem e começa a elaborar e a refinar seu pensamento literário criando metáforas. “O melhor é a experiência de sentimentos que a poesia pode revelar a uma alma suficientemente aberta para entendê-la”, posto que, “A poesia não pertence àqueles que a escrevem, pertence àqueles que necessitam dela”.

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

Essa nova posição do carteiro, essa nova elaboração sobre a linguagem e sobre o gênero literário poético, leva Mário a se deparar com um novo afeto. Esse novo afeto é despertado quando Mário conhece a jovem Beatrice, por quem se apaixona. A conquista se dá por intermédio de metáforas construídas por Mário e de poemas escritos por Neruda. “Quando um homem começa a te tocar com palavras, não está longe de te tocar com as mãos”.

“Caro poeta, você me deu livros para ler, você me ensinou a usar minha língua para algo mais que lamber selos. A culpa por eu estar apaixonado é sua!”.

Quando Neruda responde, sem responder, algo novo surge. Mario pôde então abstrair-se com as palavras e construir metáforas, libertar-se, tornar-se sujeito do seu próprio destino.

                                                                Luiz Roberto Duncan

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

                                                                            Psicanalista

 

 

 

CONTINUA DEPOIS DO INFORMATIVO

 

 

 


+ NOTÍCIAS

Aviso importante: a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash etc) do Portal Ururau não é permitida sem autorização e os devidos créditos e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismo de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria com o Portal Ururau para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato através do email: parceria@ururau.com.br
Logo
Todos os direitos reservados - Ururau Copyright 2008 - 2016 Desenhado e programado por Jean Moraes

Poxa! Você usa bloqueadores de anúncios :(

Produzir matérias com qualidade demanda uma equipe competente e comprometida com o bom jornalismo. A publicidade é o único meio de viabilizar e manter nossos serviços ofertados gratuitamente aos nossos leitores. Colabore conosco adicionando o http://www.ururau.com.br como exceção de sites permitidos.

Clique aqui e saiba como adicionar o Ururau como site permitido!

Já fiz isso Fechar aviso